Foto: Assessoria PMU

Quase 5 mil casos de dengue são confirmados em Umuarama em menos de 10 meses

Boletim semanal de acompanhamento do quadro de dengue em Umuarama, divulgado nesta sexta-feira (10) revela que a cidade está próximo […]

Redação Publisher do OBemdito
Foto: Assessoria PMU
Quase 5 mil casos de dengue são confirmados em Umuarama em menos de 10 meses
Redação
OBemdito
10 de maio de 2024 17h38

Boletim semanal de acompanhamento do quadro de dengue em Umuarama, divulgado nesta sexta-feira (10) revela que a cidade está próximo de atingir 5 mil casos da doença. Com a atualização das últimas semanas, subiu para 4.973 o total de pacientes que tiveram diagnóstico positivo de dengue desde 30 de julho de 2023 – início do atual período epidemiológico, que se estende até o final de julho deste ano.

Além disso há 998 suspeitas em investigação, que podem – ou não – confirmar novos casos da doença e outras 5.377 suspeitas foram descartadas, do total de 11.348 notificações registradas no período. Quatro mortes de pacientes seguem em análise, sob suspeita de dengue, e até o momento dois óbitos em decorrência da doença foram confirmados. Nas duas semanas deste mês de maio, já foram confirmados 175 casos.

A região atendida pela UBS Guarani/Anchieta lidera a estatística da dengue em Umuarama, com 548 casos já confirmados. A incidência de casos também é alta no Jardim Panorama (479), região do Posto de Saúde Central (396), Jardim Cruzeiro (363), Vitória Régia (358) e região central atendida pelo Centro de Saúde Escola (CSE), com 340 positivos.

A dengue está presente em todas as unidades de saúde e regiões de Umuarama e também nos distritos, com exceção apenas de Vila Nova Jerusalém, o menor povoado do município. Na zona rural já são 68 casos confirmados.

No ambulatório de dengue, que atende de segunda a segunda até as 21h ao lado do Pronto Atendimento 24h, cerca de 20 mil pacientes já passaram pela triagem, 8.421 passaram pela primeira consulta, 10.975 exames foram realizados, 28 mil unidades de soro oral foram distribuídas, bem como 265 mil doses de medicamentos. Isso tudo entre o dia 28 de fevereiro e a última segunda-feira (6).

(Reportagem: Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.