Fotos: Assessoria PMU

Secretaria de Saúde de Umuarama cria Núcleo de Segurança do Paciente para atendidos pelo SUS

Grupo de profissionais será responsável por fazer reduzir o risco de danos sofridos por cidadãos atendidos pelo SUS

Redação Publisher do OBemdito
Fotos: Assessoria PMU
Secretaria de Saúde de Umuarama cria Núcleo de Segurança do Paciente para atendidos pelo SUS
Redação
OBemdito
12 de maio de 2024 15h22

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) acaba de criar o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), nomeando membros que formarão uma comissão de profissionais que vão analisar a atenção dispensada aos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Umuarama. O tema está descrito na Portaria Municipal n° 22/2024 e já foi abordado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O secretário municipal de Saúde, Edson dos Santos Souza, conta que, entre outras atribuições, o Núcleo de Segurança do Paciente tem por finalidade a redução, a um mínimo aceitável, do risco de dano desnecessário associado à atenção à saúde.

“Para isso os componentes vão contribuir para a instituição de ações para a promoção da segurança do paciente e a melhoria da qualidade nos serviços de saúde disponibilizados pelo município”, explica, acrescentando que ficam de fora dessas determinações os consultórios individualizados, laboratórios clínicos e os serviços móveis e de atenção domiciliar particulares.

A comissão do NSP tem como secretária administrativa a servidora municipal Suzana Andréia Schemer e representantes de diversos setores e secretarias, como a Vigilância Sanitária, Pronto Atendimento, Equipes de Estratégia de Saúde da Família, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Equipe Multiprofissional, Centro de Atenção Profissional, farmacêuticos e médicos e Atenção Primária em Saúde (APS).

De acordo com Leia Inês de Andrade Silva, coordenadora da APS, o NSP cuidará para promover ações de gestão de risco e desenvolver atividades para a integração e a articulação multiprofissional no serviço de saúde.

“Os componentes também devem promover mecanismos para identificar e avaliar a existência de não conformidades nos processos e procedimentos realizados e na utilização de equipamentos, medicamentos e insumos, propondo ações preventivas e corretivas. Para resumir: será um grupo fundamental para contribuir com a gestão da saúde pública em Umuarama”, finaliza.

(Reportagem: Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.